Assessoria de imprensa

Linn da Quebrada é uma das atrações da festa da 11ª Bienal de Arquitetura, que também terá Calefação Tropicaos e Batekoo

Aberta ao público a partir das 18 horas, a festa da 11ª Bienal de Arquitetura será realizada no próximo sábado, 30 de setembro, no centro de São Paulo em frente ao Instituto de Arquitetos do Brasil/São Paulo

11a Bienal de Arquitetura
11ª edição da Bienal de Arquitetura de São Paulo

Aberta ao público a partir das 18 horas, a festa da 11ª Bienal de Arquitetura será realizada no próximo sábado, 30 de setembro, no centro de São Paulo em frente ao Instituto de Arquitetos do Brasil/São Paulo (IABsp), celebrando as ações que já estão acontecendo pela cidade, em preparação à Exposição no final do ano, que será acompanhada de uma intensa programação.

 Na edição deste ano, a Bienal discute a utilidade pública da arquitetura para um projeto coletivo e colaborativo de cidade, frente aos desafios enfrentados pela metrópole contemporânea. A 11ª Bienal de Arquitetura de São Paulo, Em Projeto, é realizada pelo IABsp com a correalização do Sesc-SP e patrocínio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo (CAU-SP).

Antes da abertura para o público, será realizada às 17h uma breve cerimônia de apresentação da 11ª Bienal de Arquitetura. Às 18 horas, o evento vira festa sob os domínios da Calefação Tropicaos, Batekoo e show de Linn da Quebrada.

 

Programação da festa da 11ª Bienal de Arquitetura

 Quando: 30 de setembro de 2017, sábado, a partir das 17h horas

OndeRua Bento Freitas, 306, República/São Paulo (em frente ao prédio do IABsp)

 

Atrações:

Das 18 horas às 20 horas – Festa Calefação Tropicaos: Pita Uchôa é um dos criadores da festa Calefação Tropicaos e traz em sua seleção a música brasileira dançante, privilegiando os ritmos do norte/nordeste do país, como o carimbó, frevo, forró e batuques que remetem a raízes africanas. Cabem ainda em sua seleção ritmos latinos como a cumbia e o merengue, além de hits que a pista adora cantar junto.

 

Das 20h15 às 21h05 – Show de Linn da Quebrada: Bixa, trans, preta e periférica. Cantora, bailarina e performer, Linn encontrou na música - em específico, o funk - uma poderosa arma na luta pela quebra de paradigmas sexuais, de gênero e corpo. Em 2016, a artista lançou os singles "Talento" e "Enviadescer" e neste ano abriu as atividades com a música "Bixa Preta". Em abril de 2017 estreou "blasFêmea, sua primeira experimentação audiovisual e na sequência lançou a campanha de financiamento coletivo para a produção de seu próximo álbum, Pajubá, com meta total alcançada. Nos shows, Linn da Quebrada é acompanhada pela cantora e persona Jup do Bairro, o percussionista Valentino Valentino e pelo DJ Pininga.

 

Das 21h05 às 23 horas – Festa BATEKOO SP: Movimento que se expressa por meio da dança, da música, do corpo, da pele preta, do suor, da liberdade corporal e sexual, da cultura negra, periférica e urbana, do empoderamento coletivo e representatividade preta dentro de qualquer espaço.

Alimentação: até 23 horas, a hamburgueria Novos Veganos estará comercializando seus deliciosos hambúrgueres com nomes inspirados em músicos que não comem carne, além de doces veganos.

 

Mais sobre a 11ª Bienal de Arquitetura

 A 11ª Bienal de Arquitetura, Em Projeto, busca aproximar a arquitetura de outros saberes empregados nos processos de co-produção da cidade. Neste contexto, propõe o debate sobre o lugar da arquitetura como instrumento de transformação urbana.

 Esta edição do evento conta com uma programação contínua que ficará mais intensa a partir da abertura da exposição. No formato proposto para a 11a edição da Bienal, a exposição articula as ações propostas em São Paulo, com uma discussão internacional, além de expor a documentação do processo proposto pela Bienal.

 A já tradicional Exposição Bienal de Arquitetura ocorrerá em espaços culturais e espaços abertos, sugerindo um percurso caminhável no centro da cidade, além de atividades realizadas em espaços parceiros. Estas mostras serão acompanhadas de uma programação contínua em toda a cidade. Da última semana de outubro até o final de janeiro, dois módulos sobre rodas, satélites itinerantes da Bienal, percorrerão unidades do Sesc nas bordas geográficas de São Paulo e no Pq. D. Pedro II, que também integra o circuito de exposições.

 

Website e redes sociais:

www.11bienaldearquitetura.org.br

Facebook/11bienaldearquitetura

Instagram/11bienal

 

Mais informações para a imprensa sobre a 11ª Bienal de Arquitetura de São Paulo: Bansen & Associados Comunicação

Bia Bansen (bia@bansen.com.br); Clean Barros (clean@bansen.com.br); Marcelo Fontenele (marcelo@bansen.com.br)

Tel.: (11) 5539-2344

 

Notícias relacionadas

 

11ª Bienal de Arquitetura de São Paulo anuncia a programação da Exposição

Do dia 28 de outubro até o final de dezembro, a cidade de São Paulo será palco de uma Bienal de Arquitetura diferente: mais de 40 atividades de diversos tipos e formatos abrem ao público a vivência de processos de desenho na cidade, acompanhados da exposição da 11ª Bienal, com centenas de trabalhos de referência.

A proposta tem o objetivo de aproximar a arquitetura de outras formas de coprodução urbana, com o objetivo de construir um projeto coletivo e colaborativo de cidade.

 

Grande caminhada pela borda geográfica de São Paulo abre oficialmente a 11ª Bienal de Arquitetura

Aberta ao público, caminhada de 120 km ocorre de 16 a 23 de setembro, parando em unidades do SESC-SP e iniciativas comunitárias. Ainda neste mês de setembro, acontecerá a Oficina "Atos gráficos: táticas para a construção de identidades visuais na cidade", entre os dias 12 e 15, no SESC Campo Limpo.

 

11ª Bienal de Arquitetura finaliza chamada aberta Imaginário da Cidade com 150 projetos inscritos!

Outras três chamadas públicas continuam abertas para receber trabalhos: Faculdades de Arquitetura e Estudos Urbanos, Utilidade Pública e Arquitetura Urbana.

 

11ª Bienal de Arquitetura faz chamadas públicas para projetos coletivos de cidade

Com as chamadas já abertas no site, Bienal convoca a sociedade a expor trabalhos e projetos coletivos de cidade.

 

11ª Bienal de Arquitetura inicia suas atividades para discutir a utilidade pública da arquitetura e lança chamada para imaginar um projeto coletivo de cidade

Frente aos desafios colocados pela metrópole contemporânea, o Evento contempla projetos que, em suas várias frentes de ação, ampliam as possibilidades de atuação do arquiteto com base na articulação com uma série de disciplinas e saberes.

BANSEN - ©2016
Bansen Phone
Address: rua dr. tirso martins, 100 cjto 304 - 04120-050 - vila mariana - SP/SP.
Site Design by Marília Schumann