Leão Alimentos e Bebidas
Leão Alimentos e bebidas - Centro de Distribuição em Linhares/ES - divulgação

Leão Alimentos e Bebidas reduz emissão de CO2 com eficiência na operação de transportes

Otimização da entrega de produtos evita emissão de 2.528 toneladas de CO2 em três anos,o equivalente às emissões que um carro geraria em 33 voltas no planeta.

Le?o Alimentos e Bebidas Redação: Bansen

 

Produtos entregues em perfeitas condições, especificações e prazos acordados. Para que isso aconteça sem falhas na indústria de bebidas, muitos processos precisam ser perfeitamente orquestrados, desde a implantação do pedido até a entrega no cliente. Qualquer inconsistência por aspectos comerciais, fiscais, tributários, financeiros, de produção, programação, logística e qualidade pode gerar a devolução dos pedidos. Esse impacto é refletido não apenas no resultado financeiro da empresa, mas também na emissão de CO2 na atmosfera, com o retorno de veículos aos centros de distribuição e, consequentemente, no reenvio das mercadorias.

Joint venture responsável pela gestão e produção de parte da cadeia produtiva da linha nacional de bebidas sem gás do portfólio da Coca-Cola no Brasil, a Leão Alimentos e Bebidas vem desde 2014 otimizando significativamente sua operação logística, por meio do planejamento e inteligência de controle do fluxo de transporte, envolvendo suas unidades, centros de distribuição e clientes.

Nos últimos três anos, a otimização nos processos de entrega de produtos fez com que 3.734 caminhões deixassem de circular nas rodovias brasileiras, evitando a emissão de 2.528 toneladas de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera, o equivalente às emissões que um carro popular geraria em 33 voltas no planeta Terra.

As 5 principais ações

* Melhoria no relacionamento entre as áreas comercial e logística, com total sinergia dos times desde a implantação dos pedidos até a entrega ao cliente

* Maior agilidade na manutenção da carteira de pedidos em que os tempos de liberação dos pedidos nas alçadas de crédito, financeiro e comercial tornaram-se mais ágeis, evitando bonificações e vendas entregues separadamente

* Otimização no processo de separação das cargas e paletização nas operações logísticas, prevenindo inversões e avarias durante o transporte

* Avanço no processo de agendamento e monitoramento das entregas, evitando janelas de entrega em datas críticas e aperfeiçoando rota e tempo de entrega, com maior e melhor otimização dos veículos de entrega

* Treinamentos com parceiros logísticos para aperfeiçoamento das melhores práticas de armazenagem e transporte

Com a diligência da área de logística da Leão, o projeto envolveu profissionais das áreas de comercial, vendas, programação, fiscal e customer service, que se reúnem periodicamente em um comitê para debater ocorrências de entrega e mitigá-las em sua recorrência.

"Este último ano foi um marco para a cadeia logística de distribuição da Leão, que obteve grande êxito com a eficiência dos processos. Com escala nacional, o engajamento para diminuição das emissões decorrentes do transporte envolveu diferentes áreas da empresa. Conseguimos reduzir nossas devoluções a índices comparados às melhores práticas de mercado, além da redução do impacto social com a diminuição do número de veículos circulando e, consequentemente, minimizando o trânsito", explica Fabiano Rangel, gerente Institucional e Desenvolvimento Sustentável da Leão Alimentos e Bebidas.

"Com a elevação contínua do nível de serviço de entregas, nosso time vem capitaneando esforços para a melhora das eficiências em nossas operações e contribuindo diretamente para que a Leão seja cada vez mais reconhecida como uma empresa ambientalmente responsável", assinala Alessandro Pendiuk, gerente de serviços logísticos e atendimento ao cliente da Leão Alimentos e Bebidas.


 

Mais informações para a imprensa

Tel: 11 5539 2344

BANSEN

Bia Bansen
bia@bansen.com.br

Marilia Schumann
marilia@bansen.com.br